sábado, 26 de agosto de 2017

Eu Fui: Mercado dos peixes

No último dia 19 de agosto foi comemorado o Dia Internacional da Fotografia. Muitos fotógrafo se reuniram e foram fazer um passeio fotográfico pelo mercado dos peixes e eu, lógico, não poderia perder a chance de fotografar com um pouco mais de liberdade. Leia a postagem e entenda melhor sobre a "liberdade".


Fotografar é um vício e um vício que se torna insano. Muitas vezes - quem gosta de fotografar sabe disso, estamos cansados mas é só aparecer a oportunidade de fotografar algo que logo as nossas "baterias" são recarregadas. E sabendo que você vai fotografar tendo a chance de ter ao seu lado grandes mestres da fotografia aí já transcende o óbvio: gosto de fotografar.

Não saberia dizer quantas pessoas foram ao chamado do pessoal do IFoto, mas posso garantir que ninguém foi ali a passeio... na verdade, foram sim, para um passeio prazeroso com gente bonita e olhos a contemplar o que Deus criou naquele lugar.



Depois das recomendações básicas de segurança, saímos indo de um lado para o outro buscando aquela imagem que iremos ficar orgulhosos de mostrar. Vale aqui ressaltar a simpatia dos comerciantes nas proximidades do mercado dos peixes. Bastava um sorriso nosso e eles consentiam que fizéssemos as fotos. Mas mesmo assim, perguntar antes sempre foi uma boa prática.



 Lhe convido a observar a primeira foto logo acima. Aparentemente nada em especial além do fato de que este senhor está trabalhando a madeira na reforma de um barco. Agora repare a segunda imagem. Percebe a muleta? Sim, na imagem tem uma das duas que ele usa. Recentemente uma madeira caiu sobre as suas pernas e, um tempo depois, ele foi atropelado na avenida.
O que me chamou mais a atenção, não foi o enquadramento, a luz, se a foto iria ficar ou não boa. O que me motivou a fazer a foto foi uma breve conversa com ele e seu relato dos infortúnios que ocorreram com ele levando-o a usar muletas. O seu comentário: "É... e tem gente aí novinha que não quer saber de trabalhar!" foi um dos motivos que me levaram a fotografar: Conhecer pessoas verdadeiras.



Fazer as fotos em um lugar desses não poderia ser mais conveniente em esperar alguém com uma faca na mão descamando peixes e as escamas voando em todas as direções.



Jangadas e barcos também não poderiam faltar.






E mesmo as que estavam distantes, sendo "acompanhadas" pelas rochas.


E até mesmo os mais tímidos apareciam de uma forma ou de outra. Tudo por uma bela foto.




E pude ver também a mais alta tecnologia sendo usada na fabricação de jangadas.


Para ver mais algumas fotos, acesse o nosso álbum clicando aqui.

E sobre a liberdade que eu falei no início da postagem, é que nós fotógrafos deveríamos fazer mais isso, pois assim iremos nos preocupar em fazer as fotos e não em quem está se aproximando de nós no momento mais sublime da fotografia: a hora do click!

Para ficar por dentro de outros passeios fotográficos gratuitos e pagos, não deixe de acompanhar a nossa FanPage: https://www.facebook.com/40photos

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Evangelismo, Santa ceia, dia dos pais e noivado

Um final de semana bem agitado na fotografia. E quando todos os eventos estão relacionados com a igreja que congrego, imagine: poderia ter um final de semana mais emocionante?


Evangelismo

Missão Canindé, este foi o título da ação que levou um ônibus lotado e mais alguns veículos para a cidade de Canindé no Ceará. Lá aconteceu uma ação social que ofereceu corte de cabelo, distribuição de roupas, exames de glicemia, verificação de pressão e outras ações.









Santa Ceia e dia dos pais

No domingo também foi dia de Santa Ceia e os presentes tiveram uma grande surpresa. Os filhos foram levados até o altar e junto com o coral, cantaram e encantaram os pais ali presentes.

Um parêntese pessoal: meus dois filhos estavam no meio da apresentação, emoção em dobro para mim.










Noivado

Tive a honra de fotografar o noivado entre os irmãos Daniel e a irmã Regina, companheiros de evangelismo. E foram fotos feitas com muito sentimento, pois bem sei como é importante este passo para que mais uma família se forme perante Deus.




Mais fotos

Para ver mais fotos acesse o nosso álbum, lá você encontrará também fotos de outros eventos da Igreja Batista El-Betel. Para acessar, clique aqui.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Eu Fui: Aniversário 20 anos El-Betel

Tive uma maratona de fotos durante a comemoração dos 20 anos da Igreja Batista El-Betel. Decidi então reunir aqui os melhores momentos da grande festa de agradecimento a Deus.


Foram mais de 20 dias de festa e seria quase impossível escolher que fotos eu deveria publicar aqui. Então, como de costume, ao final desta postagem, tem o link para o álbum completo com mais de 400 fotos do evento. Mas não vá para lá agora não, tem algumas coisas boas para ler e ver até lá.

As crianças

É certo que temos crianças em todas as igrejas. Mas o carinho com que elas são tratadas pelo Pastor Valtinho gerou alguns momentos únicos para nós fotógrafos.


A foto acima na minha opinião foi a melhor que fiz. Não falo de cor ou tom, nem ao menos de contraste ou resolução. Falo daquilo que só a fotografia pode demonstrar: a emoção. E por falar em crianças, vejam algumas outras fotos abaixo com o tema.