quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Juiz do Piauí quer suspender WhatsApp no Brasil

Divulgação ¹

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Piauí, decisão foi motivada por serviço não ter tirado de circulação imagens de pedofilia.

O juiz Luiz Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, no Piauí, determinou a suspensão do aplicativo WhatsApp em todo o território nacional. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira por meio de um comunicado do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança do Piauí, que informou a existência de um mandado judicial expedido pelo juiz há duas semanas.

Assinado por três delegados da Polícia Civil, o comunicado afirma que o serviço de mensagens vem descumprindo decisões da Justiça desde 2013. Segundo as autoridades, a empresa responsável pelo aplicativo não tirou de circulação imagens de crianças e adolescentes expostos sexualmente depois de uma investigação sobre casos de pedofilia feita pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Teresina.

O mandado, afirmam os delegados, foi encaminhado no dia 11 de fevereiro aos provedores de infraestrutura (internet) e de conexão (operadoras de telefonia móvel). Até o momento nenhuma das companhias cumpriu a decisão ou se pronunciou a respeito.

Procurado, o WhatsApp, que não possui operação própria no Brasil, não respondeu. O Facebook, dono do serviço desde o ano passado, afirma que as operações são separadas e não pode responder pela empresa.


Fonte: Revista Veja

1 - "WhatsApp logo" por WhatsApp Inc - WhatsApp. Licenciado sob Domínio público, via Wikimedia Commons - http://commons.wikimedia.org/wiki/File:WhatsApp_logo.png#mediaviewer/File:WhatsApp_logo.png

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado por comentar. Assim que possível iremos publicar o seu comentário. Para fazer contato, utilize o e-mail: lucascoe@gmail.com