sexta-feira, 15 de maio de 2015

Godzilla não... Prefiro o dinossauro da SEARA

Recentemente assisti uma reportagem de um hotel no Japão que colocou a lendária figura de Godzilla sobre o prédio do mesmo. Uma jogada de marketing bem interessante, já que muitas emissoras de todo o mundo veicularam a novidade. Mas quer saber, eu prefiro o dinossauro da SEARA - UFC.

Foto: TORU YAMANAKA/AFP/GETTY IMAGES - http://www.cbsnews.com

Godzilla

Nos filmes japoneses, Godzilla é retratado como algum tipo de dinossauro gigante com escamas cinzas e ásperas, um poderoso rabo e várias placas ósseas dorsais. Sua origem varia de um filme para o outro, mas é quase sempre descrito como uma criatura pré-histórica e seus primeiros ataques ao Japão têm ligações com o início da Era Atômica. Em particular, a mutação causada por radiação atômica — a fúria liberada pelo homem dividindo os átomos — é apresentada como uma explicação para seu grande tamanho e poderes estranhos.

O dinossauro da SEARA

A SEARA é órgão de divulgação científica e tecnológica da Universidade Federal do Ceará-UFC. Para chegar ao novo prédio da Seara da Ciência vá ao Campus do Pici da UFC. A Seara fica na entrada do Campus, perto da avenida Eng. Humberto Monte, a meia distância entre a Av. Bezerra de Menezes e a Av. Jovita Feitosa, na esquina da Rua Dr. Abdênago com a Av. Andrade Furtado.

Recebendo visitas de escolas e interessados, a SEARA, dispõe de diversas atrações de cunho científico. Inclusive há um esqueleto enorme de dinossauro - o Jorge da Peppa iria adorar : )

Pretendo ir na minha folga por lá para fotografar por dentro. Alguém se habilita a ir comigo?

E para encontra a SEARA? Mas vamos combinar tá... até alguns dias atrás eu passei por lá e não tem como você não notar o angaturama sobre a fachada do prédio.

Foto: SEARA - by Lucas Filho

Angaturama

Angaturama limai foi um Spinosauridae de porte médio que viveu no Cretáceo inferior, a 110 milhões de anos na Chapada do Araripe, Ceará. Caracteriza-se pelo focinho longo, patas posteriores impressionantemente bem desenvolvidas - que são as características da família - e por ter as narinas bem a frente dos olhos e uma protumberância, crista, na frente da cabeça, assim como nas aves. Provavelmente se alimentava de peixes, como o Barionix. Seus fósseis escassos impossibilitam uma medição exata de seu tamanho e peso.

Foto: Agaturama 01 - by Lucas Filho
Foto: Agaturama 02 - by Lucas Filho
Foto: Agaturama 03 - by Lucas Filho
Foto: Agaturama 04 - by Lucas Filho

Foto: Agaturama 05 - by Lucas Filho

Foto "puritana"

Se algum dia alguém lhe perguntar se as suas fotos são puritanas, tenha muita calma antes de lhe responder. Este termo vem sendo usado para fotos que não tem modificações em sua composição ou edição além de melhoramentos em cores e contrastes. Seria como fazer uma foto de um copo sobre uma mesa e você notar que o copo está meio sujo e então trocar o copo "para sair bem na foto". Na foto abaixo, aparentemente, foram removidas algumas coisas da imagem, você saberia dizer se houve realmente modificações e onde onde estas ocorreram?

Foto: Agaturama 06 - by Lucas Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado por comentar. Assim que possível iremos publicar o seu comentário. Para fazer contato, utilize o e-mail: lucascoe@gmail.com