segunda-feira, 22 de junho de 2015

Olha o Cego Aderaldo

"Olha o Cego Aderaldo!", essa era uma expressão usada para todos os que passavam a usar óculos aqui no Ceará. E é interessante saber que o Aderaldo realmente existiu. Mas o que o cego Aderaldo teve que o deixou tão famoso?

Foto: Cego Aderaldo - by Lucas Filho

Não. Só o fato do Aderaldo ter sido cego isto não o colocaria no linguajar cultural cearense.

"Aderaldo Ferreira de Araújo (Crato, 24 de junho de 1878 — Fortaleza, 29 de junho de 1967), mais conhecido como "Cego Aderaldo" foi um poeta popular cearense que se destacou por seu raciocínio rápido improvisando rimas e repentes.

O cego Aderaldo descobriu o dom da rima em Quixadá, pouco depois de perder a visão em um acidente. Segundo o próprio, a descoberta ocorreu quando teve um sonho em versos. Quando sua mãe faleceu, cego Aderaldo decidiu viajar pelo sertão nordestino fazendo suas rimas.

Em 1914, disputou um desafio de rimas com Zé Pretinho (conhecido repentista do Piauí). Sua desenvoltura no desafio o consagrou definitivamente. O duelo dos dois poetas foi registrado por Firmino Teixeira do Amaral no cordel A peleja de Cego Aderaldo e Zé Pretinho.

Cego Aderaldo morreu em Fortaleza aos 89 anos, sem nunca ter casado, criando porém 24 filhos adotivos."
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cego_Aderaldo


A exposição

"Viva o Cego Aderaldo", a qual eu fotografei, são obras da artista Liara Leite - https://www.facebook.com/liara.leite,que estavam em exposição no espaço cultural do SESC na praia de Iracema próximo ao Dragão do Mar (Fortaleza - Ceará). A exposição já acabou, na verdade fotografei um dia após o encerramento, mas como as peças ainda estavam por lá, me autorizaram a fotografar.

Foto: Cego Aderaldo 01 - by Lucas Filho

Foto: Cego Aderaldo 02 - by Lucas Filho

Foto: Cego Aderaldo 03 - by Lucas Filho

Um homem de muitos encontros

Lampião, Luiz Gonzaga dentre outros. As histórias - ou seriam "estórias", em que o Cego Aderaldo conversou e participou ativamente de muitos encontros com grandes nomes de personalidades do nosso povo são representados nas obras de Liara Leite, como podemos ver nas fotos a seguir:

Foto: Cego Aderaldo e Lampião - by Lucas Filho

Foto: Cego Aderaldo e padre Cicero - by Lucas Filho

Retratos do povo

As obras também ilustram o cotidiano do povo nordestino, como retirantes e trabalhadores. Uma riqueza para os nossos olhos tão bem apresentadas nos detalhes das obras.

Foto: Nordestinos - by Lucas Filho

Foto: Trabalhador usina Daniel de Moura - by Lucas Filho

Dica fotográfica

A nossa dica fotográfica de hoje não é um assunto técnico, afinal de contas a fotografia não é só saber controlar a sua câmera e a luz. A dica de hoje é que todos nós (fotógrafos e admiradores desta arte), devem investir o seu tempo visitando galerias e exposições. O "respirar" a cultura é de grande valia para quem deseja sair da fotografia do mesmo e fazer história na fotografia.


Mais fotos

A riqueza das obras de Liara Leite podem ser admiradas e nosso álbum que trás muito mais sobre este personagem que ainda hoje é lembrado na cultura cearense. Não deixe de conferir clicando na imagem abaixo:

https://goo.gl/photos/5FvPp88ruWgWfSRD7
Clique na imagem para acessar o álbum


E se deseja conhecer um pouco mais sobre o ilustre personagem desta postagem - O Cego Aderaldo, clique aqui.

Um comentário:

  1. Obrigado, amigo. Me ajudou muito na realização de um seminário, excelente trabalho. Parabéns!

    ResponderExcluir

Muito obrigado por comentar. Assim que possível iremos publicar o seu comentário. Para fazer contato, utilize o e-mail: lucascoe@gmail.com