quarta-feira, 5 de agosto de 2015

19 de Agosto - Dia Mundial da Fotografia

Quando eu parei para escrever este texto em comemoração ao Dia Mundial da Fotografia, pensei em fazer um texto contando a história, os primeiros cliques, os grandes nomes. Entretanto, decidi escrever sobre algo que para quem não é fotógrafo ou ainda, quem inicia na carreira árdua e com bastante sazonalidade (dias bons e dias ruins). E quem sabe assim, da próxima vez que você for solicitar um fotógrafo para um serviço, lembre-se que por de traz da câmera, há um ser humano formidável que também tem contas a pagar e que deseja apenas uma coisa: Que você seja feliz!

Foto: Lembranças - by Lucas Filho

Quando decidi retomar o meu "sonho de artista" e voltar a fotografar, sabia bem dos novos desafios que esta profissão vive. Hoje, celulares cada vez mais modernos, tiram fotos até mesmo em situações de pouquíssima luz, superando até algumas câmeras propriamente ditas. Então, todos com um celular na mão acreditam fielmente que é um fotógrafo e todos os seus momentos podem ser feitos por ele e seu celular, não precisamos mais de fotógrafos.

Não desmereço aqui quem consegue fazer boas fotos com celular, afinal de contas, as imagens fotográficas são obtidas com 90% do olhar do "fotógrafo", os demais são equipamento e sorte. Embora, eu, logo abaixo, particularmente faço uma analogia que destruirá o que agora pouco escrevi.

O fusca e a Ferrari


Foto sem crédito*

Um grande piloto campeão mundial de fórmula 1 foi desafiado por um motorista comum para uma corrida de arrancadas. Os dois prontos, aceleram aguardando o sinal verde aparecer. Sinal verde, e os dois saem em disparada até a linha de chegada. Mas um detalhe desta corrida chama a atenção, o campeão está guiando o fusca.

Apenas 03 segundo depois, a Ferrari já estava há 10 metros de distância do fusquinha. E por mais habilidoso que o campeão mundial de fórmula 1 fosse, ele perdeu a corrida. Moral da história, por melhor que seja a sua capacidade em fotografar, haverá momentos em que "a corrida será perdida". O problema é, quando perdemos momentos únicos em nossas vidas como batizados, festas de aniversário - 01 ano é o pior de perder, casamentos e afins, é que vemos "a besteira" que fizemos em não contratar um fotógrafo a altura de nossos sonhos.

Mas você então pode se perguntar: E se eu comprar uma câmera profissional, não poderia fazer fotos boas assim como o motorista da Ferrari que era amador? Talvez, mas se for em uma corrida com curvas e retas, aclives e declives, você não se sairá bem pelo fato de não conhecer o equipamento. Então, pensa novamente: E se eu comprar uma câmera e fizer um curso? Veja só, você acaba de se tornar um fotógrafo amador : ) não mais um apertador de botão.

As flores e as fotos


Foto: Casa comigo - by Lucas Filho

Certa vez, li um texto que indagava a desproporção das pessoas em relação ao investimento em fotografia nos seus eventos. Gasta-se muito mais em flores do que em fotografias. Mas isto tem uma explicação lógica: Tudo o que fazemos é mais voltado para os outros do que para nós mesmos. Em raras exceções, o que mais queremos é que as pessoas saiam das nossas festas com o pensamento de que tudo estava muito bonito, arrumado, tava "chic". Mas tenho algo para você refletir:
A comida vai para o esgoto, as flores murcham, mas as fotografias, os seus momentos..., são eternos.
Portanto, quando fizer uma pesquisa de preço com um fotógrafo, saiba que, se ele vale o valor cobrado, não negue este investimento, pois são os seus momentos que estarão ali registrados.


Eu cobro mais, eu cobro menos


http://40photos.blogspot.com.br/2015/07/mais-que-promocao-e-paimocao.html#.VaiSqGA2xY4

Esta parte é dedicada a você fotógrafo amador que insiste em dizer que tem lucro em todas as suas fotografias. Em breve, irei postar um texto de outro fotógrafo que fala sobre quanto devemos cobrar por nossos serviços. Mas de uma forma geral, listo o que você deve colocar o valor antes de indicar quanto custa o seu trabalho, basta colocar isto a parte e precificar (colocar preço de cada item e somar ao final):
  1. Transporte - se for a pé tudo bem, mas se vai usar algum transporte o seu custo com isto tem que ser claro;
  2. Energia elétrica - você vai ligar o seu computador para retocar as fotos e deve saber quanto tempo você levará para fazer isto. Então tem que saber quanto de eletricidade vai custar para fazer este serviço;
  3. Refeição - ir para um casamento ou aniversário e ficar na fila do jantar é inadmissível. Se chegou bem antes ao local do evento e ainda vai demorar a fotografar, nada mais justo do que levar um lanche rápido ou comprar nas proximidades. Você é pago para fotografar e não comer. Se ao final do evento for convidado para jantar então tudo bem;
  4. Revelação - se entregar as fotos apenas de forma eletrônica, DVD, e-mail, tudo bem, o custo disso - embora tenha energia e internet inclusa é bem pequeno. Mas se vai entregar a impressão, o valor das impressões tem que fazer parte dos seus custos.

Nota: Peguei um anúncio no FaceBook de um fotógrafo que cobra R$ 150,00 por 60 fotos. Sendo as 60 fotos impressas e com direito a DVD. Vamos ver quanto sai cada foto?

150 / 60 = R$ 2,50. Observe que a fotografia impressa tamanho 10X15cm custa cerca de R$ 0,50. Então, o custa da foto impressa sairá por R$ 1,50. E este R$ 1,50 multiplicado pelas 60 fotos, dará R$ 90,00.

Assim sendo, R$ 150,00 - R$ 90,00 = R$ 60,00 de "lucro". Deste valor, o fotógrafo terá que pagar todas as despesas acima - ou as frações das mesmas com apenas R$ 60,00. Viu amigo fotógrafo, está na hora de repensar o seu preço. Ah, quase esquecia, a mídia de DVD custa R$ 2,00.


Não é só apertar um botão

Fotógrafos estudam - ou devem estudar, muito. Equipamentos fotográficos são cotados em dólar. Curso e mais cursos são necessários para que as suas lembranças não virem apenas uma imagem no papel. As fotografias "feitas" transmitem sentimentos ao serem vistas. Contam histórias, mesmo sem nenhum movimento. O momento certo, é tratado como a última chance daquele momento ser registrado.

Foto: Le Cirque - by Lucas Filho

Foto: Balé Edisca - by Lucas Filho


Por mais que a acrobata repita este número; por mais que os dançarinos repitam a dança, nenhum outro fotógrafo por mais habilidoso que seja irá registrar o mesmo momento. Podem ter imagens parecidas, mas nunca iguais. Fotografias são momentos mágicos registrados por quem conhece do assunto.

Guardando as memórias


Foto: Mais chocolate? - by Lucas Filho

Sabem que eu tenho 40 anos. O meu grande desafio no tempo que cursava fotografia era comprar filme e ter dinheiro para revelar. Hoje, com a fotografia digital temos a chance de guardar todas as nossas fotos em um celular. Mas, o perigo está ai. Imagine você, por não querer "gastar" com fotografia, vai lá e faz todas as fotos do casamento de sua filha. Então, certo dia, por descuido ou por força do destino, seu celular é perdido. Aqueles momentos nunca mais se repetiram.

A fotografia a moda antiga, com "cheiro", palpável, ou seja, impressa, é a garantia de que quando desejar rever algo, basta se sentar em um sofá, chamar a família e rever aqueles momentos.

Por isso, entenda que, quando desejar ter formas mais reais de suas lembranças, lembre-se de contratar um fotógrafo. Caso me dê esta honra, sabe como me contactar.

E, se conhece algum fotógrafo, abrace-o, e diga: Parabéns herói.

A comida vai para o esgoto, as flores murcham, mas as fotografias, os seus momentos..., são eternos.
(Lucas Filho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado por comentar. Assim que possível iremos publicar o seu comentário. Para fazer contato, utilize o e-mail: lucascoe@gmail.com